22/02/2013

Test drive: Honda Civic 1.6 i-DTEC

Mais uma sexta-feira de café com a rapaziada do espírito | Honda, com direito a experiência de condução.
Desta vez o modelo disponibilizado pela Honda para test-drive foi a já conhecida nona geração do Civic, mas desta feita, a novidade era o novo motor Diesel de 1.6 litros (i-DTEC) a debitar 120cv, disponibilizando 300Nm de binário e com consumos, mistos, anunciados de... 3.6 litros para cada 100km?!
Segundo se soube na cavaqueira que se gera em torno destes ensaios, este motor está a ser comercializado em França com uma garantia de um milhão de quilómetros (ou 10 anos), o que pode ser visto como um indicador da confiança que têm neste primeiro motor Diesel de baixa cilindrada produzido pela Honda.
Já sentado ao volante e depois de me abstrair do reflexo no pára-brisas das luzes do painel de instrumentos, o silêncio e a falta de vibrações da mecânica quase levam a pensar que o motor estaria desligado, na rotunda seguinte (bastante movimentada) verifica-se a capacidade de aceleração. Este Civic não é de todo uma seta, mas não nos deixa ficar em situações apertadas (a aceleração dos 0 aos 100km/h faz-se em 10.7 segundos) e a caixa parece bem escalonada para se conseguir manter o motor a funcionar na faixa de rotação ideal.
Escusado será dizer que, dez a quinze minutos não dão para ter uma real percepção do potencial económico deste motor (para tal o ideal seria uma semana de idas e regressos do trabalho), mas ainda assim este i-DTEC deixava antever, para a minha utilização típica, consumos capazes de rivalizar com os veículos 3L do grupo Volkswagen.
Enviar um comentário