23/03/2018

Euroconnector: a nova forma de abastecer GPL

Pouca informação foi disponibilizada à cerca do novo adaptador que passará a ser o standard para abastecer em Portugal (ideias de generalização europeia talvez).
Muito graças às conversas entre os utilizadores do fórum da autogás, a informação foi circulando sobre o novo adaptador, tendo as gasolineiras disponibilizado alguma (em alguns casos, nenhuma) informação no final do mês passado.
Ora, o novo sistema de abastecimento é suposto ficar operacional (entenda-se, as mangueiras dos postos de abastecimento devem ser alteradas) até ao final deste mês, havendo postos onde, por terem mais que uma bomba, tenham optado por substituir apenas uma das "pistolas", mantendo assim ambos os sistemas em funcionamento. Nos postos onde já só usa o novo sistema, são facultados aos utilizadores vários adaptadores, com passos de rosca e comprimentos diferentes, a fim de permitir os abastecimentos a quem ainda não tenha adquirido adaptador próprio.
Hoje pude experimentar o novo adaptador chegado de Inglaterra (via LPGshop) e, como em tantas outras coisas, só custa a primeira vez. 
O adaptador enrosca na perfeição, o funcionamento da "pistola" é semelhante, no entanto, a acoplagem desta ao adaptador é menos delicada (digamos assim). O risco de fuga por má acoplagem é menor mas a pequena nuvem de gás que se libertava ao remover a "pistola" com o anterior sistema, continua a ser libertada (há adaptadores destes com anti-retorno que a evitam), sendo esta nuvem direccionada ao longo do eixo do adaptador e não à volta como no antigo sistema, o que leva a que se sinta um maior ou menor (depende do adaptador usado) empurrão aquando da remoção da "pistola".
Em resumo, a nível de segurança para o utilizador, talvez este novo sistema seja melhor, minorizando o risco de queimaduras por contacto das mãos com o gás (quer na remoção, quer numa má colocação da "pistola"), tudo o resto se mantém... até na economia.
Enviar um comentário